Como criar um plano de negócios para loja de roupas

Começar um novo empreendimento é algo que pode parecer assustador e impossível para algumas pessoas. É comum as pessoas sentirem medo de falhar, se questionar se tem a capacidade para se dar bem como empreendedores ou mesmo cometer alguns erros nos primeiros meses ou após anos de negócio. E provavelmente erros e falhas irão acontecer, pois fazem parte do processo.

Mas para minimizar as chances de que esses erros ou mesmo prejuízos aconteçam, a elaboração de um bom plano de negócios para a sua loja de roupas, é de fundamental importância, já que este é um documento onde o empresário “planeja” sua empresa, traçando seus objetivos e identificando qual caminho será necessário percorrer para alcançar cada um deles.

Para aqueles que vão montar uma marca de roupas isso não é diferente. Por estar inserido em um segmento tão competitivo, ter um plano de negócios é essencial para que o empreendedor possa identificar potenciais obstáculos e como superá-los, ou mesmo prever erros que poderiam causar atrasos e prejuízos.

Mas, como tudo que se trata do planejamento de um negócio, criar um plano para uma loja de roupas pode ser algo que alguns acham muito difícil, o que na verdade, não é.

E, para provar, preparamos algumas dicas que vão lhe ajudar a criar o plano de negócios para a sua loja de roupas. Confira:

Monte um sumário executivo

Um bom plano de negócios começa com um sumário executivo. Esse é o esboço inicial do documento. Neste sumário, é preciso inserir os seguintes itens:

  • A descrição, missão e valores da empresa,
  • Qual o diferencial de seu negócio e da sua marca de roupas,
  • Um perfil do empreendedor e seus colaboradores,
  • Quais produtos ou serviços você está vendendo,
  • Quais as metas financeiras do seu negócio e o que você irá fazer para alcançá-las.

No sumário deve constar, ainda, o público-alvo de sua loja, onde ela está localizada (se é em um endereço físico ou online), quanto você irá investir para que o negócio seja viabilizado e sua loja entre em funcionamento e seu enquadramento tributário.

Atenção: embora pareça complicado, o sumário deve ser claro e breve, e ser montado de forma profissional.

Afinal de contas ele será uma apresentação da sua marca, e deverá passar uma imagem de organização e, sobretudo, confiança em sua empresa e da sua marca de roupas.

Achou complicado montar tudo isso? Um caminho é deixar o sumário para o final da criação do plano. Até lá, você já saberá tudo o que precisa ser incluído através das etapas a seguir.

1) Análise de mercado

Para elaborar um bom plano de negócios é preciso conhecer não apenas a sua empresa, mas principalmente a sua concorrência, seus clientes e os fornecedores. Então, para isso, é preciso estruturar o plano de negócios.

Aqui, o passo inicial é definir quem é seu público-alvo, para quem você quer vender. Pense, por exemplo, na faixa etária, escolaridade, estado civil e gênero de seus clientes. Analise também seus hábitos de compra e, sobretudo, porque procuram aquele produto, qual a transformação ele irá trazer para o seu cliente.

Para que seu plano de negócios não fique raso é preciso ter dados bem fundamentados. Essa informação virá de pesquisas e questionários que você deve aplicar com os seus clientes.

Observar a concorrência é outra etapa muito importante nesse planejamento. Veja o que e como eles estão fazendo.

Você pode aprender muito nessa etapa e até mesmo descobrir como implantar inovações em seu próprio negócio e definir quais serão os seus diferenciais, através da visualização das “brechas” que o seu concorrente está deixando em aberto.

Você também pode ver quais os pontos fortes e fracos de seus concorrentes e compará-los com o plano que está em construção.

Outro estudo muito importante é sobre os seus potenciais fornecedores. Faça pesquisas para saber a qualidade dos materiais que entregam, seu prazo e condições para pagamento, prazo de entrega, entre outros.

Faça uma busca por reputação mesmo e se possível, peça referência de clientes que o seu potencial fornecedor atenda (essa informação  nem sempre será compartilhada).

E, para evitar qualquer tipo de susto, procure sempre manter uma boa lista de potenciais fornecedores.

Assim, você e sua empresa sempre terão as melhores mercadorias fornecidas pelas melhores condições, para evitar qualquer contratempo que possa ocorrer durante a operação da sua empresa, como falta de produto, aumento de preços, mudança nas políticas de vendas, entre outros.

2) Crie seu plano de marketing

O plano de marketing é outro item muito importante na elaboração do plano de negócios da sua loja de roupas, porque ele te dará os rumos de como serão suas vendas e que estratégias você deverá adotar para aumentá-las sempre.

Assim como nas demais etapas do plano de negócios, a estratégia de marketing deve ser descrita de forma bastante minuciosa.

É interessante, por exemplo, que você pense em seu produto, como descrevê-lo, avalie o preço que está praticando (se está muito caro ou na média do mercado), se leva vantagem ou não frente à concorrência, entre outras.

Não se esqueça, também, de pensar como os produtos serão promovidos e quais serão os seus canais de vendas. Afinal o marketing é fundamental para que sua marca de roupas prospere e tenha um bom desempenho no mercado.

3) Monte o planejamento operacional e financeiro

Depois de pensar como sua loja vai funcionar, é hora de mostrar a parte prática do projeto, destacando o funcionamento da operação e seus aspectos financeiros.

O plano operacional, por exemplo, deve trazer estimativas de sua capacidade de produção e fundo de estoque, para que você saber o quanto precisa vender para que tenha lucro com o negócio. Aqui é o momento também em que será definido o número de funcionários que sua empresa precisa e quais as funções de cada um deles na empresa.

Já o plano financeiro contemplará o valor que você precisará investir para tornar sua marca de roupas realidade. Para isso, seu plano deve conter os custos estimados, despesas, receitas e fluxo de caixa.

Tudo o que é preciso saber para você tomar a decisão de utilizar capital próprio ou se será necessário recorrer a capital de terceiros, como banco ou investidores.

Com essas informações em mãos, você será capaz de definir o valor do capital de giro necessário para fazer a roda começar a andar, até que o fluxo de caixa seja capaz de cobrir todos os gastos e investimentos em materiais e equipamentos, e ainda te gerar lucros.

4) Avaliação do cenário e do plano de negócios

Agora que você terminou seu plano de negócios é hora de avaliar o cenário e tudo o que esboçou, para responder à seguinte pergunta: vale ou não a pena montar minha loja de roupas? Desta forma, você terá riscos menores em seu empreendimento e conseguirá alinhar as suas expectativas frente à realidade.

Uma ferramenta muito utilizada para simplificar o seu plano de negócios é o Business Model Canvas, que nada mais é que um quadro que mostra todas as áreas informadas acima de maneira simples, prática e objetiva.

O Business Model Canvas foi desenvolvido pelo suiço Alexander Osterwalder após um processo colaborativo e hoje em dia é aplicado por várias startups pelo mundo inteiro.

O quadro contempla as seguintes áreas:

  • Oferta/Valores da sua empresa;
  • Persona (público-alvo);
  • Dores/Soluções (a transformação do seu produto e os diferenciais da sua marca)
  • Estrutura (produção, estoque)
  • Canais de Vendas (Instagram, Whatsapp, Loja virtual)
  • Parceiros (transportadoras, meios de pagamento, plataforma de e-commerce)
  • Produtos que serão produzidos (coleção atual)
  • Fornecedores (tecidos, aviamentos, mão de obras, entre outros).

O quadro do Business Model Canvas não substitui o plano de negócios detalhado, mas te ajuda a ter uma visão macro de todo o processo da sua empresa.

Para você que está iniciando a sua marca de roupas, nós lhe sugerimos o seguinte artigo desse blog:

8 passos importantes para você planejar a construção da sua marca de roupas

Espero que tenham gostado, e bons negócios!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Melo

Rafael Melo

Meu nome é Rafael e possuo uma marca de roupas com produção própria e canal de vendas online (e-commerce). Esse blog foi criado com o intuito de ajudar aos usuários que desejam criar a sua primeira marca de roupas.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Minha Marca de Roupas
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0