Ficha técnica para confecção – Aprenda como elaborar na prática !

A utilização da ficha técnica para confecção é um importante desafio para o fabricante de marca de roupas, pois o seu uso é responsável pela produção de uma peça de roupa com qualidade, sem defeitos, com padronização e com o menor custo possível.

E para evitar qualquer desperdício, seja de tempo ou material, é necessário que o processo de produção para cada modelo de roupas seja padronizado e siga uma linha planejada de produção, dentro de uma cadeia com vários setores. Muitos erros internos na confecção e outros terceirizados, como estamparia e costura – muitas vezes.

Nesse cenário, você deve estar se perguntando como é possível manter a qualidade dentro de uma operação um pouco complexa?

Para garantir o controle de todo esse processo, se fazer necessário ter o uso de uma ficha técnica de produto bem elaborada e bem feita, para cada produto dentro de uma confecção.

 

Qual a importância de se utilizar uma ficha técnica dentro da confecção?

A ficha técnica de roupas é extremamente importante e fundamental em uma confecção de roupas, pois nela irá conter todas as informações técnicas do produto, a padronização e informações de produção da sua peça, para evitar e minimizar eventuais falhas e erros de produção, o que pode acarretar em prejuízos.

“Lembre-se que em confecção é 1 minuto para tudo der errado”

Já imaginou você realizar o corte de uma grande quantidade de peças e na correia a estamparia decide utilizar a cor e tamanho de estampa que ele considera ser melhor ? Ou se a costureira utiliza uma cor de linha ou acabamento diferente da foto do produto que você utiliza na sua loja online? É prejuízo na certa!

 

Quem vai utilizar a ficha técnica?

A ficha técnica de produtos será utilizada por todos os setores e responsáveis pela produção da peça, como:

  • Molde (planejamento e risco)
  • Corte
  • Estamparia / Bordado
  • Costura
  • Passadoria e controle de qualidade

Podem ser fichas diferentes ou a mesma ficha.

 

Quais informações devem conter na ficha técnica ?

Sendo assim, a ficha técnica deve conter especificações do produto, como:

  • foto (ou desenho técnico),
  • modelo,
  • código,
  • coleção,
  • tamanhos,
  • tipo de tecido e composição,
  • aviamentos,
  • detalhes da costura,
  • bordado e estamparia (tamanho, posição e cor),
  • entre outros.

Também deve conter os processos de produção, como máquinas de costura que são necessárias para confeccionar a peça, orientações para o processo de lavagem (se necessário), orientações quanto a temperatura e cuidados para a passadoria de roupas, entre outros.

Ela será como um guia para todos os responsáveis da cadeia de produção de uma peça – corte, estamparia, costura, entre outros.

Como elaborar uma ficha técnica na prática

A ficha técnica de confecção é na verdade um arquivo (.doc ou .pdf) que vai conter todas as etapas de produção de forma resumida e objetiva, e deve ser estar acessível para os responsáveis em toda cadeia de produção.

Com todas essas informações, você deve estar imaginando que a ficha técnica é algo complexo, certo? Na verdade não, ela é um documento bem simples e conforme o grau de dificuldade de produção da peça, mais informações devem estar contidas na ficha técnica.

A elaboração desse documento, na verdade, será específico para cada empresa de acordo com o grau de complexidade para a sua produção.

Abaixo segue um modelo de uma ficha técnica simples. Para salvar em seu computador, clique com o botão direito acima da imagem e em “salvar imagem como”.

como elaborar uma ficha tecnica de confecção

Em alguns casos também, a ficha técnica pode trazer todas as informações de custos de tecido, aviamento e costura, para controle interno e precificação para venda.

Espero que tenham gostado desse conteúdo e que tenham conhecido a importância e necessidade da utilização da ficha técnica dentro de uma confecção de roupas.

Aproveite para conhecer também outros conteúdos do nosso blog:

Como funciona o processo de criação e produção de roupas de uma confecção

Como fabricar as roupas da minha marca? Private Label ou produção própria?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Melo

Rafael Melo

Meu nome é Rafael e possuo uma marca de roupas com produção própria e canal de vendas online (e-commerce). Esse blog foi criado com o intuito de ajudar aos usuários que desejam criar a sua primeira marca de roupas.

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Minha Marca de Roupas
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0